green

Para mim é difícil imaginar uma coisa e um dia encontrá-la tal como a imaginei. Acontece-me isso com as mais variadas coisas. Com a leitura da poesia em voz alta, por exemplo, nunca gostei de ouvir os outros dizerem poesia porque nunca o diziam da forma como eu a ouvia ou da forma eu a lia interiormente e um dia encontrei o CD dos poetas. Todos os poemas são ditos da mais bela forma, mais bela do que alguma vez imaginei … 

Quando leio os livros da Ana Teresa Pereira, e me transformo na personagem feminina, muitas vezes fui à procura de uns brincos, de um anel ou de uma pulseira verde jade. Mas em tantos anos nunca consegui encontrar… e no outro dia, sem saber como, fui ter ao Mulot Bricole, vi estes brincos e fiquei sem palavras, a minha imaginação fotografada apresentava-se assim, sem prevenir… perfeita…

Anúncios
Esta entrada foi publicada em Uncategorized. ligação permanente.

Uma resposta a green

  1. Polly diz:

    Quantas vezes procurei e nunca vi nada que me chamasse a atenção, por isso agradeço desde já o site.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s