Entrevista a António Lobo Antunes, por Alexandra Lucas Coelho

30 de Janeiro de 2000, revista Pública, suplemento do jornal Público

(…)

– Quem são os grandes romancistas que temos ?

– Não temos romancistas, mas temos poetas.

– Não temos nenhum romancista?

– Temos poucos. Normalmente os prosadores novos que vou ler… aquilo é tudo tão mau… Há uma rapariga que me parece ter muito talento, Ana Teresa Pereira, há um rapaz de que vi o manuscrito, não sei se está publicado, Alexandre Andrade, que me parece muito bom, há uma rapariga, Margarida Vale de Gato que me parece ter muito talento… Mas de uma forma geral desiludo-me.

– A Agustina diz que temos vários prosadores e não temos um único poeta no século XX.

– Isso é uma das boutades dela.

– Quem são os poetas de que gosta?

– Tantos… O Pessoa está muito sobrevalorizado… O Alberto Caeiro acho muito fraco, algum Ricardo Reis, algum Álvaro de Campos eu gosto, a prosa acho miserável.

– “O Livro do Desassossego”?

– Acho uma porcaria. Vamos falar de poetas vivos: o Cesariny é um grande poeta, o Eugénio é um grande poeta…

– A Sofia, o Herberto?

[encolhe os ombros, franze a cara]. (…)

post enviado pelo Luís

Anúncios
Esta entrada foi publicada em Uncategorized. ligação permanente.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s